Impresso de ChabadMorumbi.org.br

Auto ajuda

Sexta-feira, 26 Junho, 2020 - 8:55

Caros amigos,

Coaching! É a coisa mais "in" atualmente. As pessoas estão ávidas buscando empoderamento e autoafirmação. Os livros de autoajuda são best-sellers e existe uma quantidade sem-fim de títulos... Nas redes sociais, somos bombardeados com fluxos intermináveis de postagens sobre autoajuda, desenvolvimento de autovalorização e marca pessoal. No Linkedin, por exemplo, milhares de treinadores estão anunciando seus serviços: treinadores de negócios, treinadores pessoais, especialistas motivacionais, etc. E todos estão indo muito bem, pois todo ser humano no planeta é um cliente potencial.

 

Parece que este é o desafio da nossa geração. Todos estão cheios de dúvidas, constantemente questionando a si mesmos e sua jornada na vida.

Hoje comemoramos o 26º Yahrtzeit do Rebe. O Rebe foi um presente para a atual geração confusa.

Quem vinha ver o Rebe saía sentindo-se melhor e mais seguro de si. Mas o Rebe não compartilhava nenhum clichê de bem-estar, nem dizia que deveriam acreditar em si mesmos.

O Rebe simplesmente conectava cada pessoa ao seu verdadeiro eu, à sua alma, à centelha Divina, seu núcleo de existência. Ele tirava as dúvidas do tipo "quem sou eu?", "qual é o meu papel aqui?", "sou realmente necessário?", com respostas simples, porém profundas. Ele dizia: você é uma pessoa de D'us, o seu papel é fazer o trabalho de D'us.

Mesmo hoje, após seu falecimento e sem a sua presença física, temos este mesmo impacto quando aprendemos os seus ensinamentos e visitamos seu Ohel. Faz você se sentir bem, porém um bem diferente. Um bem que vem com um senso de missão a cumprir, um desejo de realizar, de ser melhor e fazer melhor.

O Rebe ensinou o orgulho judaico. Não curvar-se sob a pressão do ambiente; pelo contrário, mudá-lo. Para que possamos andar de cabeça erguida e passos firmes com a verdade judaica.

Um abraço e Shabat Shalom,
Rabino Dovi

 

Comentários sobre: Auto ajuda
Não há comentários.